R E P I Q U E (2)

Assisti, há pouco, na televisão, ao pres. Bush referir-se, a propósito de algum acontecimento, aos “fascistas muçulmanos”, acentuando bem a pronúncia da palavra fascistas. Foi, a meu ver, uma forma de propaganda baseada na “ideologia pós Segunda Guerra” a que me referi no texto do dia 6 de agosto. O propósito desse tipo de mensagem, segundo creio, é identificar os adversários políticos atuais com os antigos inimigos que os EUA, defendendo, então, a democracia combateram na década de 1940. Embora o pres. Bush tenha dito, na televisão, estar se colocando contra os fascistas muçulmanos, ele me parece estar se colocando, na verdade, apenas contra os muçulmanos.


Deixe um comentário

Seu e-mail nunca será publicado.