DITADOR NUMA DEMOCRACIA

A opinião de COLIN POWELL sobre a guerra do Iraque divulgada pela rede de televisão CBS – uma das raras, manifestadas publicamente, pelo general – evidencia três coisas:
1 – a primeira que o presidente BUSH não quer seguir as recomendações da Comissão BAKER, provavelmente porque acha que quem está certo é ele, e que tudo vai acabar segundo a sua imaginação ;
2 – a segunda, que essa conduta do presidente vem criando um fosso entre a Casa Branca e parte da hierarquia militar americana;
3 – e a terceira que estamos assistindo, perplexos, a um comportamento típico dos ditadores, sendo assombroso que isso possa estar ocorrendo no cerne de uma grande democracia.


1 comentário até agora

  1. rodrigo valadão dezembro 18, 2006 11:53 pm

    caro letácio;

    nunca tive certeza de que os EUA são ou já foram uma grande democracia. inclusive, sobre o tema, existe um livro precioso de um italiano de nome Domenico Losurdo, chamado “Democracia e Bonapartismo”.

    embora o autor seja um renomado marxista, sua teoria é, no mínimo interessante. segundo losurdo, a história do liberalismo americano é uma história contra a democracia. ele demonstra, por exemplo, como as minorias foram, aos poucos, alijadas do processo eleitoral americano. isto sem contar que, diversos dos máximos expoentes do liberalismo – tocqueville, locke, mill, hayek, dentre inúmeros outros – nunca defenderam o voto universal, apoidando abertamente o voto censitário.

    vale a pena dar uma conferida neste livro. embora o liberalismo político tenha implatado grandes conquistas no mundo ocidental, um contraponto é, no mínimo, interessante.

    abraços do amigo.

    rodrigo valadão

Deixe um comentário

Seu e-mail nunca será publicado.