VÁRIOS FUNDOS MONETÁRIOS INTERNACIONAIS

Ontem foi criado, na Ásia, um fundo monetário comum destinado a dar liquidez, em tempos de crise, às economias do Japão, da China e da Coréia do Sul, e dos dez países da Associação de Nações do Sudeste Asiático ( formada por Brunei, Camboja, Indonésia, Laos, Malásia,Mianmar, Filipinas, Cingapura, Tailândia e Vietnã )

A idéia foi criar, na Ásia, um sistema monetário compartilhado semelhante ao EURO, para eliminar cerca de 20% ( vinte por cento ) do custo do comércio internacional gerado pelo câmbio de divisas.

A criação de um fundo semelhante – embora menos rico – está sendo cogitada, também, na América Latina, por iniciativa do governo da Venezuela.

O que está acontecendo no mundo depois do EURO ?

Porque ficou tão atraente para os Estados nacionais se estruturarem supra nacionalmente em torno de uniões monetárias ?

Serão as normas monetárias mais eficazes do que as normas jurídicas convencionais como um instrumento de organização internacional ?

Não podemos nos esquecer de que, há poucos anos,na Ásia, esses mesmos países que estão agora se unindo monetariamente faziam guerras entre si.

Será que as guerras, enfim, ficaram fora de moda ?

Poderá a moeda tornar-se, nas várias regiões do mundo, um instrumento da “paz perpétua” de KANT ?


Deixe um comentário

Seu e-mail nunca será publicado.