OS HOMENS DO PRESIDENTE, E DO VICE

No dia 30 de junho o ex-subsecretário de defesa dos EUA, Paul Wolfowitz, sairá da presidência do Banco Mundial. Ele fora um dos maiores incentivadores da invasão do Iraque, e fazia dupla com Donald Rumsfeld, que também já caiu.

Outro dia foi John Bolton que deixou de ser o embaixador americano na ONU, a entidade que ele queria ver destruída. Karl Rove, por sua vez, o assessor de marketing político, embora ainda circule na intimidade dos corredores da Casa Branca, também perdeu seu cargo oficial.

Nomes com biografia mais respeitável, como Collin Powel – que deu lugar, no segundo mandato, à Condoleza Rice – e Tony Blair, igualmente atropelados pelo rolo compressor da equipe palaciana, sucumbiram.

Um a um os homens do presidente e do vice estão caindo, o que é um indicio de que quando os republicanos perderem a eleição tanto Bush, como, poderão ser julgados em Tribunais americanos e internacionais, pelas ilegalidades que … ainda estão cometendo.


Deixe um comentário

Seu e-mail nunca será publicado.