SEPULTANDO A “GUERRA AO TERROR”

Gordon Brown botou algumas pás de cal na cerimônia de sepultamento da retórica de “guerra” ao terror do presidente George Bush ao declarar, quando assumiu, ontem, o comando do Partido Trabalhista Britânico, que “sabemos que para derrotar o terrorismo é preciso mais do que a força militar.”

O futuro premier inglês permitiu, ao mesmo tempo, que manifestações contra a guerra sejam feitas “em qualquer lugar de Londres, inclusive na porta do Parlamento”, o que estava até hoje proibido por questões de segurança.

Embora tenha decidido não retirar, abruptamente as tropas britânicas do Iraque, a política de Brown – que foi escolhido sob o signo da “mudança”- contribuirá, sem dúvida para diminuir a histeria bélica que tinha tomando conta de relevante parte do “mundo ocidental”.


Deixe um comentário

Seu e-mail nunca será publicado.