SENSACIONALISMO

As pessoas estão mortas de medo de serem contaminadas pela febre amarela urbana ( que o governo afirma inexistir ).

Apavoram-se, também, com a possibilidade de serem assassinadas, pelo simples fato de haver ocupantes ( em 99% dos casos pacíficos ) das garupas das motocicletas ( prática que o governo diz não poder impedir .

E, nas grandes cidades, deixaram de sair à noite, por causa da violência ( o que o governo está procurando minimizar ).

Essa insegurança deve-se, em parte, às notícias sensacionalistas que tomaram conta das primeiras páginas dos grandes jornais, especialmente do Rio e de São Paulo.

Os órgãos da imprensa, numa democracia, são também responsáveis pela tranqüilidade da vida das pessoas na sociedade, não devendo atuar a favor da desconstrução.

Contra a governabilidade e a livre informação nada pior do que a censura …. e o sensacionalismo.


Deixe um comentário

Seu e-mail nunca será publicado.