A DISCUSSÃO SOBRE OS BIO-COMBUSTÍVEIS

A discussão energia versus alimentos , na mídia internacional, não está sendo colocada na forma devida.

Tudo parece girar, de fato, em torno do interesse dos EUA e da União Européia de manter subsídios e criar barreiras em setores em que eles não são competitivos, como a agricultura (ou, eventualmente para fazer lobby em favor produtores de petróleo, embora esta segunda hipótese seja mais fraca, pois claramente os grandes produtores de petróleo não gozam de prestígios nos órgãos internacionais).

O Brasil é um bom exemplo de capacidade de substituir a matriz energética usando formas alternativas de energia.

O debate internacional em torno do tema está, portanto, sendo conduzido de forma inadequada.

A discussão deveria ser mais dos limites dos bio-combustíveis como fonte alternativa do que propriamente sobre a oposição energia versus alimentos.


Deixe um comentário

Seu e-mail nunca será publicado.