RETÓRICA SEM GRANDEZA

O nosso ministro da Fazenda tem dado declarações que procuram amesquinhar o risco de inflação no Brasil o que, a meu ver, não deve ser, exatamente, o seu papel.

Outro dia, referiu-se à culpa do “freijãozinho” pela elevação dos índices. Mais recentemente, numa entrevista ao jornal VALOR, disse que o sistema de metas de inflação brasileiro suporta, perfeitamente, certos choques de oferta, além de afirmar que a inflação está subindo em outros países, e ninguém arranca os cabelos.

Não sei bem qual é a intenção de MANTEGA ao tentar minimizar os riscos de inflação em nosso país.

A indexação está ainda viva e de boca bem aberta esperando níveis altos de variação de preços para a eles de novo se atrelar.

O ministro não pode dar a entender que ignora esse risco.


Deixe um comentário

Seu e-mail nunca será publicado.