A VIOLÊNCIA POLICIAL CONTAMINA

Segundo o Estadão de hoje, o sociólogo TÚLIO KAHN, da Coordenadoria de Análise e Planejamento da Secretaria de Segurança Pública de São Paulo considera que o grande , aumento da matança praticada pela polícia militar do Estado de S. Paulo pode estar decorrendo do “efeito Tropa de Elite”, que tornou a sociedade “mais permissiva com relação a esse tipo de violência”, pois “a tendência de alta ressurgiu, apenas, de um ano para cá.”

Acontece que, de um ano para cá, não só o filme Tropa de Elite fez um sucesso de público estrondoso, como foi eleito um novo governador para o Estado do Rio de Janeiro que parece ter oficializado a ideologia do Capitão Nascimento, ao declarar “guerra” de morte aos bandidos, o que não tinha ocorrido, até agora, num nível hierárquico tão elevado.

A matança policial oficializada, portanto, não só “acaba degenerando” – como diz o jornal – “na formação de esquadrões da morte ou estimulando a formação de milícias”; ela pode tornar-se um produto de “exportação” interestadual, como talvez esteja ocorrendo, atualmente, do Rio para São Paulo.


Deixe um comentário

Seu e-mail nunca será publicado.