UMA PESSOA DE JUÍZO

O presidente LULA declarou, em discurso no fórum dos governadores da Amazônia Legal, que “se a inflação voltar, ela vai quebrar o bolso do povo pobre e trabalhador”, acrescentando que “ não vai jogar o dinheiro fora, pois o Brasil precisa de 15 ou 20 anos de desenvolvimento sustentável para que a gente se transforme numa economia grande e definitivamente saudável.”

Como o nosso presidente exerce, também, nas horas vagas, a função de ministro da Fazenda, podemos ficar tranqüilos de que não vai haver, por ora, pirotecnia alguma que ameace a estabilidade monetária, o que é uma garantia assegurada por uma “pessoa de juízo”, como antigamente se dizia.


Deixe um comentário

Seu e-mail nunca será publicado.