INADIMPLÊNCIA EM ALTA

A estabilidade dos preços é, ao mesmo tempo, uma questão econômica e jurídica, na medida em que a ordem monetária ( que tem a tendência de ser instável ) está inserida na ordem jurídica ( que é, por definição, estável ), razão por que, é preciso que os preços sejam estáveis, tanto jurídica, como economicamente.

Quando ocorre uma instabilidade nos preços, como agora está voltando a acontecer, as coisas tornam-se mais difíceis para os devedores, especialmente quando vige a indexflação, que é um misto de aumento do custo de vida e de proteção dos credores através da correção monetária.

A inadimplência no Brasil, portanto, do jeito em que o sistema atual de pagamentos está organizado, tende a crescer exponencialmente e piorar muito a situação dos devedores ( que são a maioria da população ) o que pode respingar, politicamente, de modo negativo, na popularidade atual do PT.


Deixe um comentário

Seu e-mail nunca será publicado.