DEFESA DOS DIREITOS HUMANOS

Não é fácil para as organizações que se dedicam à defesa dos direitos humanos levar a cabo as suas tarefas, como evidencia a recente expulsão, pela Venezuela, de dois integrantes da “Human Rights Watch” (entidade considerada pelo governo venezuelano como uma “fachada” dos EUA ) sob acusação de violar a Constituição.

A política de direitos humanos não prescinde dessas ONGs, que desempenham, em geral, um papel fundamental na luta contra as arbitrariedades dos governos, combatendo, por exemplo, no Estado do Rio de Janeiro, as tendências de extrema direita que têm se manifestado ultimamente na área de segurança pública.

No caso dessa expulsão penso que são esses extremistas que, discretamente, devem estar batendo palmas.


Deixe um comentário

Seu e-mail nunca será publicado.