UMA CRISE APENAS AMERICANA

Sabem porque a crise atual é – senão apenas, pelo menos principalmente – americana ?

Porque se trata de uma crise monetária, e a moeda é um fenômeno nacional, pois não há moeda internacional ( salvo o EURO que é, porém, regional ).

O conteúdo da moeda são as condutas humanas.

Para os norte americanos os problemas financeiros atuais são terríveis, pois eles, há anos, estão agindo conforme as regras do jogo, guardando dinheiro, nas Bolsas, para o futuro, para suas aposentadorias, para as faculdades de seus filhos, e tudo isso está indo para o ralo.

Temos medo de que a crise possa repercutir na Europa, na Ásia e no Brasil, mas os seus reflexos serão comerciais, e não monetários, de solução mais fácil.

Esta crise talvez venha provar que a noção de poder aquisitivo, como conteúdo do dinheiro, não tem sentido.

O que o povo americano está sofrendo na pele, agora, não tem comparação com o que ninguém, no resto do mundo, está sentindo, o que terá, necessariamente, um reflexo político, percebido pelo senador John Mc Cain, que procura correr da raia no debate de sexta feita próxima, porque os republicanos não têm nada a dizer, já que eles, especialmente com a sua guerra ilegal e insana contra o Iraque, provocaram a crise.


Deixe um comentário

Seu e-mail nunca será publicado.