ENQUANTO ISSO, NO CONE SUL

A partir da próxima 2ª. feira, dia 6 de outubro, o Real e o Peso substituirão o Dólar no comércio entre o Brasil e a Argentina, tendo início, na prática, o Sistema de Pagamentos em Moeda Local ( SML ).

O SML será opcional, e terá uma taxa de câmbio de referência dos dois países, fixada diariamente, que poderá tornar-se – como espero – uma unidade monetária comum em pouco tempo.

Depois de estabelecida essa unidade monetária ( que eu proponho ser denominada SUR, ou SUL, ao invés de SML ) o próximo passo seria a emissão de peças monetárias também comuns e, com isso, quase imperceptivelmente, seria implantada a moeda única regional do cone sul.


Deixe um comentário

Seu e-mail nunca será publicado.