INTERVENÇÃO NO DOMÍNIO ECONÔMICO

Alguns ideólogos do liberalismo econômico demonstraram muita preocupação, nesses últimos dias, com as medidas adotadas pelos países mais ricos para enfrentar a crise financeira, insistindo em que as providências tomadas pelos governos não são de caráter socialista.

Eles têm razão: o que os países europeus decidiram, seguindo o esquema proposto pelo primeiro ministro britânico GORDON BROWN, foi uma medida clássica do liberalismo, denominada intervenção no domínio econômico.

A julgar pela reação positiva das Bolsas de Valores ocidentais, inclusive da BOVESPA, a opinião pública ainda aprecia o fato de os governos saberem, e poderem, intervir, quando o pânico toma conta dos mercados, como aconteceu nesses últimos quinze dias.

O fato de a intervenção ter incidido sobre os bancos não a torna menos liberal, mesmo porque o monopólio da emissão da moeda, nos países socialistas ou capitalistas, é do Estado, o que demonstra que o dinheiro é alguma coisa muito mais pública do que desconfia a nossa vã filosofia….


Deixe um comentário

Seu e-mail nunca será publicado.