HIPOCRISIA DE UM JORNAL

Em sua manchete de primeira página de hoje o jornal O Globo indaga revoltado:

“Que país é este, em que se rouba flagelado ?”

As pessoas envolvidas no furto, cientes , provavelmente, àquela altura, de que já havia donativos em excesso para os flagelados de Santa Catarina, decidiram, hipocritamente ( como se pôde perceber dos seus comentários ao praticarem o ato ) apropriar-se do que não lhes pertencia.

Essas pessoas estavam, por certo, motivadas, em grande parte, pelo clima de hipocrisia que o próprio jornal O Globo, há anos, vem tentando impor à opinião pública brasileira.

Ainda recentemente, na cobertura que o repórter CHICO OTÁVIO fez do AI-5, não li qualquer mea culpa da família dona do jornal, cujo chefe foi, ao longo da vida, um constante incentivador da ditadura, e hoje, depois de morto, é inocentemente homenageado , como se tivesse sido um grande brasileiro.

Não é só o governo que dá maus exemplos; o Globo também faz isso há muitos anos, o que lhe retira autoridade para fazer a indagação acima transcrita.


Deixe um comentário

Seu e-mail nunca será publicado.