O QUE ADIANTA ENFURECER A MULTIDÃO ?

O presidente HOSNI MUBARAK deve achar que ainda tem condições de liderar uma transição mas tudo indica que o tempo de ele fazer isso passou.

A sua preocupação, a esta altura, de manter a “dignidade” pessoal – a que ele se referiu no seu discurso das 23,00 hs de hoje – faz o Egito correr o risco de presenciar o espetáculo de uma multidão enfurecida, que ninguém sabe, de antemão, para onde caminhará.

No meio desse tumulto pode surgir uma liderança militar que destitua o presidente e assuma o poder, embora prometendo promover uma eleição democrática em setembro, derrubando a pretensão de uma solução jurídica, tal como proposta por MUBARAK.

O mundo todo está à espera do que possa acontecer…


Deixe um comentário

Seu e-mail nunca será publicado.