PREÇOS ADMINISTRADOS: PARA QUÊ ?

A certa altura de seu artigo no Estadão diz o colunista CELSO MING:

“O Banco Central …. não previu que a alta de matérias-primas puxaria o IGP-M para 11,2% em 12 meses nem que, consequentemente, elevaria os preços administrados ( aluguéis, tarifas, contratos financeiros ) a ele indexados.”

A administração de preços, como se sabe, é a sua subtração ao regime de mercado, com a finalidade de que eles se mantenham mais baixos do que os demais, sujeitos à livre concorrência.

Aqui no Brasil, contudo, como os preços administrados sofrem correção monetária, eles sobem mais do que os outros.

Trata-se, como se vê, de uma das grandes bobagens da nossa Economia, que pode, contudo,  ser eliminada com um piparote, bastando um pouquinho de coragem política.


Deixe um comentário

Seu e-mail nunca será publicado.