DERROTA POLÍTICA DE KADAFI

A decisão, ainda tempestiva, da ONU, de impor uma zona de exclusão aérea na Líbia foi uma derrota política para KADAFI.

A Resolução das Nações Unidas não teve qualquer voto contrário, não obstante a abstenção da Alemanha e dos países que compõem o chamado BRIC, e conta com o apoio da Liga Árabe, o que evidencia o isolamento internacional do governo líbio.

KADAFI, e seus filhos, parecem estar encurralados, e o Exército líbio entrará em cena como um dos novos interlocutores dos rebeldes e da comunidade internacional.

Só resta esperar que os acontecimentos se desenvolvam de forma contraria aos interesses do líder da Líbia.


Deixe um comentário

Seu e-mail nunca será publicado.