GUERRA JUSTA ?

O antigo conceito de guerra justa deu lugar à noção moderna de guerra necessária, a que recentemente, em outro contexto, se referiu ao presidente OBAMA.

No caso da atual guerra da Líbia – da qual estamos, no Brasil, tão perto – trata-se, sem dúvida alguma, de uma guerra legal, uma sanção de direito internacional, clara e formalmente perfeita. Ainda assim, como estamos vendo pela televisão, uma guerra pela qual a população inocente da Líbia está pagando um alto preço.

Isso demonstra que uma guerra legal, do ponto de vista do direito internacional,  não é uma guerra justa. Se nem uma guerra legal é justa podemos concluir que nenhuma guerra é justa.

A forma de acabar com as guerras legais mas injustas seria  centralizar, internacionlamente,  a violência, criando um Estado internacional, conceitualmente similar ao Estado nacional, ou, melhor ainda, um Estado monetário internacional, no qual as sanções fossem, por definição, não violentas.


Deixe um comentário

Seu e-mail nunca será publicado.