A MOEDA COMUM DOS BRIC’s

A velocidade com que os fatos acontecem no mundo financeiro globalizado de hoje está colocando na agenda de discussão dos representantes dos governos do Brasil, da Rússia, da Índica, da China e da África do Sul a conveniência de que os pagamentos entre os membros desse grupo deixe de ser feitos em dólares, mas nas moedas locais dos respectivos países.

O dólar, pelo visto, está condenado a perder o seu papel de meio de pagamento internacional. Como não há ( ainda ) uma moeda única internacional, e não exista outra em condições atuais de substituí-lo, é provável que o dólar se torne a moeda …. dos especuladores, perdendo, cada vez, a sua antiga importância.

Com a perspectiva de os países do BRIC adotarem uma forma – digamos assim – de moeda interna convencional, a antiga discussão sobre a moeda comum do MERCOSUL perde o sentido e o Sul ( que era a denominação que eu, in pectore, gostaria que ela tivesse ) poderá  ter o destino de muitas boas idéias: deixar de ser sem nunca ter sido.


Deixe um comentário

Seu e-mail nunca será publicado.