OS GOVERNOS E OS MERCADOS

Os governos contam com o apoio dos governistas e sofrem a oposição dos oposicionistas.

Até aqui, tudo óbvio.

E o mercado: ele é governista ou oposicionistas, ou não é uma coisa nem outra ?

A primeira impressão que fica é de que o mercado sente-se não apenas fora, mas acima do governo.

Não sendo o mercado uma entidade metafísica, mas constituída por pessoas, não estaremos, nesse caso, diante de uma anomalia política ?


Deixe um comentário

Seu e-mail nunca será publicado.