O ÓDIO NÃO TEM LIMITES

Diferentemente do Poder Militar o ódio não tem limites.

Ao referir-se, ontem, à possibilidade de uma guerra prolongada o premiê NETANYAHU demonstrou ódio não só aos palestinos, mas ao seu próprio povo.


Deixe um comentário

Seu e-mail nunca será publicado.