UMA POSTAGEM PREMONITÓRIA

Revendo os meus posts de 2013 deparei-me com uma mensagem datada de 16 de dezembro daquele ano do seguinte teor:

PROPOSTA GOLPISTA ?

O artigo do economista PAULO GUEDES, hoje publicado em O GLOBO, sob o título “Feliz 2016? Nada disso”, soou-me aterrador.

Ele parte da premissa de que “somos prisioneiros da armadilha social-democrata do baixo crescimento” e ameaça, no final, com uma troca de presidente, que venha a construir uma “sociedade aberta”.

Ora, esse presidente não pode ser do PSDB – que é um partido social-democrata – nem do PSB, que é, também, socialista democrático.

Não pode ser, também, do PT ou do PMDB, porque o presidente novo deve substituir a presidente DILMA.

Não sendo de partido algum, esse novo presidente só pode ser produto de um golpe de Estado – antítese, aliás,  da “sociedade aberta” a que alude o colunista.

Será que é isso mesmo o que propõe o artigo dele ? Que se a presidente DILMA não substituir a sua equipe econômica, para mudar a sua política social-democrata, vai haver uma mudança radical antes do Natal de 2016 ? Ou fui eu que não entendi nada ?

16.12.2013″

Como a cumpricidade de Bolsonaro e Guedes, dentre outros com o propósito de implantar um liberismo radical, começou dois anos depois de 2016 é provável que, já naquele ano, Paulo Guedes tinha articulações com a extrema-direita internacional.


1 comentário até agora

  1. letacio janeiro 5, 2023 8:15 pm

    Devo lembrar, em adendo a este post, que Dilma Rousseff sofreu um impeachment depois do Natal de 2016 e, no ano seguinte, Michel Temer, seu sucessor, implantou o Teto de Gastos, agora denominado de “estupidez” pelo Presidente Lula.

Deixe um comentário

Seu e-mail nunca será publicado.