AS CRIPTOMOEDAS POR TRÁS DA CRISE DOS SVB E SIGNATURE BANK

Ficou decidido, neste fim de semana, que os clientes  do Silicon Valley Bank (SVB) e do Signature Bank receberão a soma integral de seus depósitos e não apenas os $250.000  garantidos pelo garantidos pelo Federal Deposit Insurance Corporation o que causa estranheza, pois eles são bancos não tão “grandes que não possam falir” e não oferecem, em tese, um risco sistêmico.

O problema é que o SVB estava centralizando os depósitos em criptomoedas das pessoas físicas e jurídicas do Vale do Silício e de outras partes do sistema financeiro nacional e internacional e há uma alta volatilidade nos mercados de criptomoedas , principalmente após o fracasso  da cripto-trader FTX.

Ou seja, está se tornando real o que este Blog vem profetizando há mais de uma década: “moedas falsas” fizeram surgir uma grande fraude nos mercados de capitais cuja bolha está estourando.

Segundo fui informado de fonte segura o mercado cripto estava correndo o risco de falir foi esse o motivo da benesse outorgada pelo poder público norte-americano a essas instituições financeiras. Esse mercado de cripto vem sendo criado, há tempos, em cima de nada – pois são obrigações sem causa que não têm ligação com a economia real nem com o sistema financeiro regulado – e servem à especulação desenfreada.

Quem leu a nota conjunta divulgada pelos Departamento do Tesouro, Fed e FDIC deve ter percebido um certo blá, blá, blá parecido com os comunicados brasileiros semelhantes o que me faz supor, em princípio,  que o socorro ao sistema criptomonetário não vai dar certo.

Vamos aguardar mais um pouco.


1 comentário até agora

  1. letacio março 20, 2023 12:23 pm

    O Valor econômico de hoje, 20 de março de 2023,( gravado nos favoritos ) ten a seguinte manchete:Bancorp assume o Signature Bank, mas sem negócio de criptoativos
    As 40 filiais da Signature operarão como agências locais Flagstar a partir desta segunda-feira.

Deixe um comentário

Seu e-mail nunca será publicado.