QUEM TEM MEDO DE MONICA DE BOLLE?

O que eu tenho é saudade dela.

A Professora de Economia Monica de Bolle tem sido uma das pessoas mais lúcidas no complicado panorama do Brasil atual, assim como foi o jurista Raymundo Faoro na época da abertura política, pós 1964. Dá prazer ler e ouvir quem nos ajuda a organizar nossos pensamentos em momentos de crise.

O problema são as contingências. A circunstância de esses dois a que me refiro terem visto, e estar vendo, com clareza, a situação vigente não significa que tenham condições de resolver, na prática, todas as questões colocadas o que depende de movimentos políticos além do seu alcance.

No caso da economia brasileira, de que trata, principalmente, a Monica os desafios são ainda maiores especialmente quando as ciência econômica e monetária estão passando por uma profunda transição no mundo ocidental. Daí as dúvidas existenciais que talvez provoquem o afastamento temporário da Professora das redes sociais.


1 comentário até agora

  1. letacio maio 18, 2023 11:05 am

    Em vez de crise existencial o afastamento das redes sociais pode ser uma estratégia para aproveitar melhor o seu tempo; lendo muito, segundo suas palavras.

Deixe um comentário

Seu e-mail nunca será publicado.